23 novembro 2009

Alo?


- Alo? Poderia falar com a Tristeza, por favor?
- No momento ela foi fazer uma visitinha na casa da dona Raiva, quer deixar recado?
- Ah não, tudo bem.. eu retorno mais tarde.
- Por favor, a dona Tristeza está?
- Olha, vou te falar que ela ainda não voltou da visita... pelo que sei, depois de ir à casa da dona Raiva, ela foi la na dona Angustia.
- Nossa, eu já tentei ligar antes, mas ela já estava fora... com quem eu falo?
- Comigo ué.
- Não moça, qual é o seu nome?
- Sou a empregada da dona Tristeza.
- E por isso você não tem nome?
- Me chamo Ignorância
- Ok dona Ignorância, eu retorno depois.

- Dona Ignorância, a Tristeza já voltou?
- Olha seu moço, agora eu estou realmente preocupada! Dona Tristeza desapareceu! Não esta nem na Raiva nem na Angustia! E eu também procurei na casa do Senhor Rancor, na casa da família Pânico e na senhorita Depressão. Nada! Ela sumiu!
- Ah! Então não deu tempo...
- Tempo de que, seu moço?
- Não adianta, já deve ter acontecido...
- Acontecido o que???
- Eu.. eu.. não tive tempo...
- Escuta aqui seu moço, o senhor vem ligando pra cá o tempo todo, pergunta tudo, eu sempre respondo, e agora o senhor nem explica o que ta acontecendo.. E eu nem sei seu nome!
- Bom, você tem razão Ignorância, eu me chamo Medo. E precisava falar com a Tristeza exatamente por isso.
- Dona Tristeza estava com medo?
- Ela já é triste por natureza, andando o tempo todo com a senhorita Depressão e com a dona Angustia, o que esperava que aconteceria, vindo de uma mulher naturalmente triste e pra baixo?
- Eu não sei, Seu Medo!! O que aconteceu?
- Só um minuto, o outro telefone esta tocando.
(...)
- Estou aqui Ignorância.
- E ai, seu Medo?
- Era um amigo meu com noticias da Tristeza...
- Quem era? Como assim? Que noticias?
- Bem, era o Senhor Suicídio...

9 comentários:

Fran disse...

Que história hein...
Muito interessante, por isso é tão importante ser F.E.L.I.Z :)

Beeijos!

Isabela Costa Santos disse...

Aakpoksaoas'
Gostei! *-*
Achei bem interessante!
Parabéns! =D

Beijos!

GaB. disse...

Que forte!
Adorei (:
Beeeijo

Monnie disse...

caara, muito bom esse texto, amei ;*

Debbys disse...

acho essas histórias fascinantes... já viu a do amor é cego?? é lindaa!! ^^
bjusss

♥ Mαrcellα L. disse...

Amei a história, a dona Ignorância até que foi atenciosa...

Beeijos e vê se não abandona meu blog!

dreamsaboutme disse...

Oi Rebeca! Adorei sua história e mais, o modo como vc a conduz..prende bastante a nossa atenção! Parabéns pelo carinho que imprime em suas palvras! Bjks :)

Velho Curinga disse...

gostei do texto.

obs: comece a ler do primeiro post.

Ágatha Alves disse...

Nossa flor adorei o texto
bem criativo...
de verdade

beijos chuchu